Nutrição

Batata, batata-doce ou mandioca: qual desses alimentos é melhor para a saúde?

Nutricionista detalha a importância de cada um e o objetivo específico deles em relação à saúde

Mandioca é um dos alimentos mais completos. Foto: Divulgação

Batata, batata-doce ou mandioca, qual dos três alimentos é melhor para a saúde? Todos os três são comuns em dietas dos amantes de academia, seja para ganhar massa muscular ou para emagrecer. Além de serem versáteis na hora de servir, podendo ser fritas, assadas e cozidas, na forma de purê ou como cremes.

Os alimentos são muito nutritivos e cada um tem um objetivo específico em relação a saúde.

A batata inglesa, por exemplo, é rica em fósforo e potássio que são importantes para saúde óssea, muscular e na frequência cardíaca. Além disso é baixíssima em calorias.

— Para quem quer emagrecer, a melhor opção disparada das quatro é a batata inglesa. Ela tem menos da metade das calorias da mandioca. O que significa que podemos comer um volume maior e assim aumentar a saciedade. Se compararmos as calorias e carboidratos de 100g de arroz, seria o equivalente a 240g de batata inglesa. O paciente pode comer à vontade sem cortar a temida e injustiçada batata — explica o nutricionista e especialista em emagrecimento, Thiago Monteiro.

A batata doce é rica em fibras, o que garante o bom funcionamento do intestino e ajudam na saciedade. Têm boa quantidade de magnésio que também ajuda na saúde óssea e cardiovascular. A batata doce ainda é riquíssima em vitamina C e o cará em potássio.

— Assim como a mandioca que também é rica em vitamina C, magnésio e Cálcio, porém é a opção com maior quantidade de carboidratos, por isso é a mais calórica das quatro. Neste caso, ela seria a melhor escolha para aqueles que desejam ganhar massa e conseguir hipertrofia muscular — explica o nutricionista.

O especialista, entretanto, afirma que a mandioca pode fazer parte do cardápio de pessoas que buscam o emagrecimento, com um ajuste na quantidade de porções de acordo com o objetivo do paciente, mas que para isso é necessário uma análise nutricional e acompanhamento com um especialista.

Monteiro ressalta que as 3 opções são importantes e benéficas para a saúde desde que sejam preparadas de forma saudável, pois cada uma delas tem propriedades nutricionais que são importantes para diferentes ações de nosso corpo.

— É só ajustar as quantidades e acertar na combinação os alimentos. Até os diabéticos, que tem muito medo das batatas, raízes e tubérculos, podem comer sem problemas — afirma.

Fonte: Jornal Extra

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Veja também

Saúde

Documento conta com 207 questões sobre a regulamentação

Geral

Criminosos alegam transferência por engano e pedem devolução

Entretenimento

Atriz dará vida à protagonista da história, interpretada por Maitê Proença na primeira versão