Geral

Pleito suplementar: Gambá é eleito prefeito de São Francisco de Assis

Eleição ocorreu neste domingo, Paulo Renato Cortelini, o Gambá havia sido cassado

Foto: Maria Eduarda Fortes

Em São Francisco de Assis, eleitores elegeram neste domingo (28), Paulo Renato Cortelini (Gambá), do MDB, na eleição suplementar. Com o resultado, ele retorna ao cargo após ter sido cassado no início deste ano. Ele só pode concorrer novamente porque, apesar de perder o mandato, não foi considerado inelegível.

Gambá retornará ao cargo após a disputa contra Ademar Frescura (PP). Ele ficará no cargo até o final do ano, uma vez que novas eleições vão ocorrer em outubro. Antônio Ebertom Luiz dos Santos, conhecido como Piruca, integrava a chapa de Cortelini, formada pelo MDB e PDT.

CASSAÇÃO

Neste ano, Cortelini, o vice-prefeito, Jeremias Izaguirre de Oliveira, foram cassados por abuso de poder político e econômico e por captação ilícita de sufrágio. O julgamento se deu no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RS). Além do prefeito e do vice eleitos em 2020, o vereador Vasco Carvalho (MDB) também foi cassado.

ELEIÇÃO DE HOJE

Com 100% dos votos apurados, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Cortelini atingiu 53,22% dos votos válidos, o que somou 5.490 votos. Já o seu adversário, Ademar Frescura, ficou com 46,78%, ou seja, recebeu 4.825 votos. Além disso, 2,01% anularam o voto e 2,81% votaram em branco.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Veja também

Eleições

Eleitores ganham mais 15 dias para se alistar ou transferir título