Clima

Saiba como se proteger em caso de vendavais, raios e granizo

Medidas de prevenção podem reduzir risco à vida e danos ao patrimônio

Foto: João Vilnei/PMSM (Divulgação)

Com a previsão de tempo severo para os próximos dias, a Defesa Civil estadual vem alertando a população gaúcha para redobrar a atenção às condições climáticas e adotar medidas de prevenção e proteção contra vendavais, raios e granizo – episódios naturais que podem se intensificar em diversas regiões do Estado até o fim desta semana.

Para evitar o risco à vida e ao patrimônio dos gaúchos, o governo do Estado elaborou um conjunto de medidas que podem ser seguidas para mitigar efeitos de situações climáticas adversas e ajudar na prevenção de acidentes. Os planos de contingência foram produzidos pela equipe da Defesa Civil estadual e estão disponíveis no site da instituição.

VENDAVAIS

Como agir durante um vendaval

Feche bem janelas e portas, evitando canalizações de ventos no interior de sua residência;
Desligue os aparelhos elétricos e feche o registro da água e gás; se estiver em local seguro, permaneça até a diminuição dos ventos;
Evite estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de segurança;
Evite abrigar-se sob árvores ou estruturas metálicas.

Como minimizar os danos 

Revise a estrutura de sua casa, principalmente o telhado;
Mantenha as árvores em sua propriedade saudáveis e bem podadas, e longe da rede elétrica;
Não deixe objetos e entulhos soltos no quintal;
Informe a prefeitura sobre árvores não saudáveis identificadas no passeio público.

RAIOS

O que não fazer em área rural

Colher frutas, abrigar-se ou caminhar perto de árvores;
Ficar próximo a animais ou andar a cavalo;
Ficar próximo a cercas de arame;
Carregar ou ficar próximo a objetos metálicos pontiagudos, como enxadas, pás e facões;
Ficar próximo de veículos, como tratores, carros ou dentro de carrocerias de caminhão;
Abrigar-se em áreas cobertas, que protegem da chuva, mas não dos raios, como varandas, barracos e celeiros.

A atividade agropecuária concentra a maior parte das mortes causadas por raios no Brasil: 26% dos casos.

O que não fazer ao ar livre

Continuar jogando futebol ou permanecer no campo;
Caminhar em áreas descampadas, como terrenos baldios, cemitérios e canteiros de obra;
Caminhar ou ficar parado em rodovias, ruas ou estradas;
Subir em locais altos, como telhados, terraços e montanhas;
Ficar próximo a varais de metal, antenas ou portões de ferro.

O que não fazer em praias, rios ou piscinas

Permanecer dentro da água;
Caminhar às margens da água na faixa de areia, calçadão, beira de rio ou piscina;
Permanecer embaixo de guarda-sóis, tendas e quiosques;
Ficar próximo a embarcações atracadas;
Realizar atividades de pesca navegando em embarcações ou na beira da água.

O que não fazer dentro de casa

Utilizar equipamentos elétricos ligados à rede elétrica ou ficar perto de tomadas;
Falar ao telefone com fio ou utilizar celular conectado ao carregador;
Tomar banho em chuveiro elétrico;
Ficar próximo a janelas e portas metálicas;
Ficar próximo à rede hidráulica (torneiras e canos).

Onde se abrigar

Entre em um veículo não conversível e feche as portas e vidros, evitando contato com a lataria;
Entre em moradias ou prédios, mantendo distância das redes elétrica, telefônica e hidráulica, de portas e janelas metálicas;
Entre em abrigos subterrâneos, como metrôs ou túneis;
Afasta-se de qualquer ponto mais alto e de objetos metálicos;
Mantenha os pés juntos e agache-se até a tempestade passar;
Não fique deitado.

GRANIZO

Como agir durante uma tempestade de granizo

Abrigue-se em local coberto e seguro, resistente a fortes ventos, onde não há riscos de destelhamentos;
Evite abrigar-se debaixo de árvores, pois há riscos de quedas;
Evite abrigar-se em coberturas frágeis, metálicas ou de vidro;
Evite estacionar veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda, pois estas estarão sob influência de ventos fortes;
Evite engarrafamentos em ruas e avenidas que foram afetadas pela queda de granizo.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Veja também

Geral

Prazo prorrogado pelo governo federal terminará no dia 12

Geral

Vítimas das chuvas, 34 pessoas seguem desaparecidas

Geral

O titular da Sehab, Carlos Gomes, alerta as prefeituras dos municípios atingidos pelas enchentes

Clima

Gramado Xavier, Arroio do Tigre, Relvado e Bento Gonçalves foram atingidas por fortes temporais