Geral

Tecnologia alia-se à atividade policial

A observação é do delegado de polícia, Charles Dias do Nascimento, titular da 13ª Região Policial, com sede em Santo Ângelo

Delegado, Charles Dias do Nascimento. Foto: Divulgação

A Polícia conta hoje com várias ferramentas e tecnologias atuais que ajudam em muito na elucidação dos crimes, principalmente os mais complexos, notadamente os que são cometidos através das redes sociais.

 A observação é do delegado de polícia, Charles Dias do Nascimento, titular da 13ª  Região Policial, com sede em Santo Ângelo, que foi palestrante ontem na Semana Acadêmica do Curso de Direito da URI.

 Mas, segundo ele, é preciso destacar o trabalho humano, citando como exemplo a equipe da 21ª Região Policial, onde foi titular, cujo efetivo é dotado de muita qualificação profissional.

Sobre os crimes cibernéticos o delegado Charles disse que na sua região policial estes crimes têm se elevado, tendo como instrumento de prática, as redes sociais./ São práticas de golpes (de todos os tipos, inclusive antigos com nova roupagem). / Na 13ª RP, a média destes casos fica entre 3 e 4 ocorrências por semana./  Charles destacou a importância da semana acadêmica, que possibilitou explanar mais sobre o cargo de delegado de polícia. SONORA ( delegado de polícia)

Hoje a semana acadêmica encerra com as palestras sobre – A vítima e o processo penal, com  Eduardo Fagundes,  promotor de Justiça de Jaguari e Conflito de entendimento jurisprudencial entre STF e TST a  respeito da uberização, com  Matheus Pontelli Peobelli.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Veja também

Saúde

A cardiologista Julianny Freitas Rafael explica os principais sintomas

Cidadania

Os menores de idade sempre devem estar acompanhados de documento de identidade válido

Nutrição

Com as baixas temperaturas, possuir uma dieta rica em nutrientes é uma das maneiras de contribuir com sistema imunológico