Geral

Lei institui o PROERD em Santiago

Entre as suas finalidades estão promover ações voltadas à prevenção ao uso indevido de drogas, à promoção da cidadania e à disseminação da cultura de paz

Foto: Divulgação

A Lei 571, de autoria do Executivo Municipal, aprovada pela Câmara de Vereadores de Santiago institui  o  Programa  Educacional  de  Resistência  às Drogas e à Violência (Proerd) no Município de Santiago, com a finalidade de promover, nas escolas e na comunidade, ações voltadas à prevenção ao uso indevido de drogas, à promoção da cidadania e à disseminação da cultura de paz.

O Proerd será executado pela Brigada Militar, em parceria com o Executivo Municipal, por meio da  atuação  de  instrutores  que  serão,  exclusivamente,  policiais  militares  devidamente capacitados com curso de formação.

Entre as atividades constituídas do Proerd estão: promoção  de  seus  cursos  para  crianças,  adolescentes,  pais  e professores, com o propósito de esclarecer as consequências da utilização das drogas lícitas e ilícitas; realização de aulas sistemáticas de prevenção ao uso abusivo de substâncias psicotrópicas, que causem dependência física ou psíquica, para a comunidade escolar e articulação, com realização de campanhas em busca de parcerias, para garantir a sustentabilidade, a ampliação e o aperfeiçoamento do Proerd. Fica  o  Executivo  Municipal,  em  parceria  com a  Assessoria Pedagógica  Regional  da  BMRS,  responsável  pela  adequação  do  Proerd  nas  escolas, visando ao melhor desempenho e aprendizado dos instruendos e o Programa  a responsabilidade pela organização e pela distribuição das atividades dos instrutores participantes.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Veja também

Segurança

O programa tem como principal objetivo de transmitir uma mensagem de valorização à vida

Polícia

Suspeito fez ameaças; ele foi abordado em seguida pelos policiais

Geral

Desde 2000, o programa atende crianças e adolescentes, e milhares de jovens das escolas estaduais, municipais e particulares

Polícia

Mulher é ameaçada de morte pelo companheiro com uma arma de fogo