Geral

Três superalimentos que você precisa incluir nas refeições

Descubra se você já estava consumindo sem saber

Um ingrediente versátil, o cogumelo combina com várias receitas. Foto: Divulgação

Você já se deparou com alimentos que não conhecia nem saberia onde comprar, mas que todo mundo diziam ser indispensáveis para uma vida saudável?

Essa lista não é assim. Nós não temos tempo para ficar correndo atrás de ingredientes “exóticos” em 2024. Então, além de uma explosão de benefícios, um superalimento também precisa ser acessível.

Cogumelos

Um ingrediente versátil, o cogumelo combina com várias receitas, do strogonoff de carne ao risoto de funghi. Inclusive, o shitake, shimeji, champignon, funghi secci e portobello são variações muito usadas na gastronomia mundial.

Além de dar mais sabor à comida, os cogumelos também são ricos em fibras, selênio e potássio, compostos antioxidantes, minerais e vitaminas do complexo B, A e D, dentre outros nutrientes essenciais, colocando ele entre os superalimentos de 2024.

Pulses

Não se assuste com o nome! A tradução de pulses, em português, seria “legume”, mas isso não engloba todos os alimentos associados à palavra pulses, como os feijões, grão-de-bico, lentilha e ervilha. Essas sementes secas, conhecidas como pulses, são uma fonte de carboidratos complexos, fibras e energia, assim como proteína vegetal, ferro, magnésio e potássio.

Salmão

O salmão finalmente foi classificado como um “superalimento”. Por ser uma fonte de proteína, ácidos graxos – eicosapentaenóico (EPA) e o docosahexaenóico (DHA), que possuem ação antioxidante e anti-inflamatória – e ômega-3, o salmão é a melhor escolha para turbinar sua inteligência e pode até mesmo baixar os níveis de triglicerídeos no sangue.

Palavra-chave: moderação

Lembre-se que tudo em excesso faz mal. Inclusive, os “superalimentos”. Por isso, a palavra-chave para qualquer dieta balanceada é moderação. Varie seu cardápio para incluir alimentos benéficos, evitar o consumo exagerado e experimentar novos alimentos sempre!

Tudo Gostoso

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Veja também

Saúde

Documento conta com 207 questões sobre a regulamentação