Geral

Preconceito ainda impera sobre determinados grupos na sociedade

Vereadora LGBT, Lins Robalo falou sobre o assunto na abertura da Semana Acadêmica do Curso de Direito da URI

Vereadora LGBT, Lins Robalo. Foto: Reprodução

Na semana do Orgulho LGBT, grupo prioritário que sofre todo o tipo de violência e preconceitos dentro do contexto da cidade, a vereadora LGBT, Lins Robalo falou sobre o assunto na abertura da Semana Acadêmica do Curso de Direito da URI, dando enfoque também, aos grupos negros, debatendo sobre a questão do direito à cidade, ou espaços comunitários, que alguns grupos, por questão de preconceito, territorial, econômica, racial e de gênero, acabam não conseguindo acessar e isso se torna um questão normal. 

Questionada sobre os preconceitos Lins respondeu que isso ocorre da própria estrutura cultural que qualifica o saber compulsoriamente para algumas realidades que acabam estruturando a sociedade a não compreender outras percepções, resultando em preconceitos, validando as violências toda vez que alguém tenta romper identidades diferentes e padrões.

Para a vereadora é preciso criar mais aliados que compreendam o discurso dos grupos minoritários, não com discursos de combate, mas de inserção e aceitação dentro da lógica  e poder ter voz dentro da vivência comunitária. Lins Robalo, que é mestra em Ciências Ambientais, abriu a semana acadêmica do Curso de Direito falando sobre  Acesso à cidade: Corpos não reivindicados  e grupos minoritários.

 A programação de hoje segue com Mauro Sturmer abordando sobre a Justiça Militar, posteriormente o Delegado de Polícia, titular da 13ª Região Policial, com sede em Santo Ângelo, Charles Dias do Nascimento fala sobre o processo de investigação criminal. A programação inicia as 19 horas, no salão de atos da URI.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade
Publicidade

Veja também