No ar:
Sábado Sertanejo - Jones Diniz    16h00min às 18h00min

Ouvir!     

» Vida / Estilo » Tendência


22/04/2022 | 10h52min

Casaco Teddy é o queridinho do inverno

Confortável e quentinho

Quentinho e fofinho. Foto: DivulgaçãoQuentinho e fofinho. Foto: Divulgação

Mais uma vez o casaco teddy volta a dominar  com a chegada do frio. Quentinho, confortável e estiloso, é fácil entender a razão do sucesso do item, que também teve alta significante nas pesquisas do Google. Mas, afinal, será que a peça é para todo mundo? Saiba como adaptar a tendência ao seu estilo:

 

História 

 

Embora os casacos felpudos não sejam exatamente uma novidade, é fácil distinguir a origem desta silhueta em especial. No ano de 2013, a grife Max Mara lançou essa tendência de casaco de pelúcia nas passarelas, apresentando um modelo casulo longo e felpudo, produzido em alpaca e mohair. Ian Griffiths, Diretor de Criação Max Mara, passou muito tempo no arquivo redescobrindo a riqueza desse casaco que já havia sido feito na década de 80 com tecidos de pelúcia em fibras nobres – originalmente desenvolvidos em fábricas de brinquedos infantis alemãs. Mais tarde, Griffiths descobriu que, não apenas esses tecidos não eram mais produzidos, mas também que as fábricas haviam sido fechadas e muito do know-how perdido.  Foi então que a equipe de criação da Max Mara passou a trabalhar com um fornecedor italiano para recriar a tecnologia e produzir uma pele fake à base de seda pura. O volume exuberante do casaco é uma celebração da opulenta extravagância deste tecido. Até hoje, o casaco teddy original Max Mara faz o maior sucesso e, para a felicidade das fashionistas, outras empresas desenvolveram opções mais acessíveis.

 

Agora que você já sabe tudo sobre a origem da peça, vamos falar sobre a tendência do casaco teddy, que conquista cada vez mais adaptas. Em geral, ele é produzido com um tecido felpudo que lembra a lã de carneiro, como uma pele de ursinho mesmo.

 

A modelagem do casaco teddy pode variar e isso torna a tendência ainda mais versátil. Nos anos anteriors, as modelagens alongadas dominaram o street style. Contudo, as mais moderninhas preferem versões curtinhas do casaco, que combinam bastante com looks mais esportivos.

 

Como usar 

 

Até agora, é possível encontrar modelagens que favorecem todos os gostos e biótipos. Enquanto o casaco teddy longo pode ajudar a alongar a silhueta (principalmente em um look monocromático), vale levar em consideração o clima da sua cidade. Afinal, trata-se de uma peça de fibra sintética e felpuda, sendo, portanto, bem quente. Funciona melhor para os estados onde faz mais frio, mas nada impede que você use com peças levinhas por baixo.

 

Já as modelagens curtas acabam sendo mais fáceis de usar. Em geral, o interessante é adaptar a peça ao seu estilo. Contudo, no Instagram vimos que o casaco teddy tem algumas companhias fiéis. Por ser despojado, ele combina muito bem com looks no estilo athleisure, isto é, com pegada esportiva e confortável.

 

Casaco Teddy Reversível Vanessa Moda

 


Veja também:


19/05/2022 | 10h12min

» Saúde: Gripes e resfriados: automedicação pode mascarar sintomas e trazer riscos

17/05/2022 | 11h02min

» #aquece: Chocolate quente cremoso fácil

12/05/2022 | 13h53min

» #ficaadica: Adeus ao frizz: Janny Mota explica a diferença entre cabelos secos e ressecados


Comentários:


Voltar ao topo