No ar:
Amanhecer nos Pampas - Luiz Fernando Rocha    05h00min às 06h30min

Ouvir!     

» Esporte » Clube


15/05/2024 | 06h32min

Inter faz treino fechado na PUC após 12 dias

E inicia preparação para jogo da Sul-Americana

Foto: Ricardo Duarte/Divulgação InternacionalFoto: Ricardo Duarte/Divulgação Internacional

O Inter voltou aos treinos após 12 dias parado por causa das inundações devido às enchentes no Rio Grande do Sul. Sem contar com o Centro de Treinamento Parque Gigante e com o Beira-Rio, que foram consumidos pela tragédia, o time gaúcho usou o complexo da PUC para realizar as atividades desta terça-feira.


O clube ainda não calculou os danos em suas dependências, já que o CT continua inundado. Como a água abaixou no Beira-Rio, foi possível ver o gramado do estádio, que está evidentemente danificado. O Inter acredita que precisará de mais de 30 dias para deixar tudo em ordem.

 

O Internacional tratou o retorno aos treinos como uma "imposição do atual calendário do futebol sul-americano e brasileiro" e afirmou que "levará um tempo imprevisível para retomar as atividades de forma plena nas instalações no CT Parque Gigante".

 

Nesta terça-feira, os jogadores, que chegaram com seus carros particulares ao local, foram recebidos por aproximadamente 20 torcedores. No entanto, a atividade foi fechada. Após receber críticas por não abrir o treino, o diretor esportivo Magrão afirmou que avaliará a situação.

 

O clube gaúcho voltará a campo no dia 28 de maio, às 21h30, pela sexta rodada da Copa Sul-Americana. O Inter, no entanto, ainda não definiu o local que mandará a partida e está estudando as opções.

 

O Internacional é o terceiro colocado do Grupo C da Sul-Americana, com cinco pontos, contra seis do Belgrano-ARG e cinco do Delfín-EQU, mas com um jogo a menos. O Real Tomayapo-BOL é o lanterna, com um.


Veja também:


20/06/2024 | 05h51min

» : Grêmio perde para o Fortaleza

20/06/2024 | 05h48min

» : Colorado vence o Corinthians com golaço de Wesley

18/06/2024 | 05h04min

» : Inter de olho no clássico com o Corinthians


Comentários:


Voltar ao topo