No ar:
Jornada Esportiva - Rede Gaúcha Sat    14h00min às 18h00min

Ouvir!     

» Notícias » Pandemia


22/02/2021 | 17h56min

Governador mantém cogestão na bandeira preta e amplia período de restrição para atividades no RS

As restrições para atividades no RS serão das 20h até 5h no Estado

Governador Leite, vice Ranolfo, secretário Luís Lamb e secretária Tânia Moreira na reunião com integrantes da Famurs - Foto: Felipe Dalla ValleGovernador Leite, vice Ranolfo, secretário Luís Lamb e secretária Tânia Moreira na reunião com integrantes da Famurs - Foto: Felipe Dalla Valle

 

O governador, Eduardo Leite, após reunião com o Gabinete de Crise da Covid-19, a Famurs e os prefeitos, nesta segunda-feira, decidiu manter o sistema de cogestão na bandeira preta, a mais alta classificação do modelo de Distanciamento Controlado. O chefe do Executivo também comunicou que as restrições à circulação de pessoas no Rio Grande do Sul, que desde sábado valem das 22h às 5h, serão antecipadas para as 20h, e valem até o dia 1° de março.

 

"A imensa maioria dos prefeitos solicitou que mantivessemos a cogestão e ouvindo eles ficou claro que não teriamos condição de suspender a cogestão neste momento", justificou Leite em live. "Como não havia espaço para suspender, fica aqui o apelo para que eles façam cumprir os protocolos. Nossas forças de segurança estão focadas e mobilizadas para que se cumpram os protocolos restritivos". 

 

Depois da análise de recursos, o RS não acatou nenhum e manteve 11 regiões classificadas na bandeira preta e 10 na bandeira vermelha, os dois níveis mais altos de risco para o coronavírus. 


Veja também:


28/02/2021 | 14h48min

» Pandemia: Santiago soma mais de 500 casos de covid em fevereiro

28/02/2021 | 10h49min

» Pandemia: Operação Te Cuida RS dispersa aglomerações, encerra festas clandestinas e orienta população sobre a bandeira preta

27/02/2021 | 16h58min

» Pandemia: Bandeira preta: agências FGTAS/Sine fecham temporariamente


Comentários:


Voltar ao topo