No ar:
Pátria e Querência - Marco Antônio Nunes e Marcelo Peronio Ramos    16h00min às 17h00min

Ouvir!     

» Geral » Pecuária


14/02/2020 | 05h59min

Secretaria da Agricultura irá antecipar para março a vacinação contra aftosa

Antecipação faz parte da estratégia do Estado para ser declarado pelo Mapa como livre de aftosa sem vacinação

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

O Rio Grande do Sul vai antecipar a vacinação do rebanho bovino e bubalino contra a febre aftosa. O aval foi dado pela ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, durante reunião com o governador Eduardo Leite, o secretário da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho, e parlamentares federais e estaduais, além de representantes do setor produtivo rural, em Brasília.

 

A antecipação faz parte da estratégia do Estado para ser declarado pelo Mapa como livre de aftosa sem vacinação, a fim de obter, num segundo momento, o reconhecimento internacional dessa condição pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

 

Conforme o secretário Covatti Filho, a vacinação do rebanho será feita na primeira quinzena de março – em outros anos ocorria em etapas em maio e novembro.

 

“Também estamos fazendo uma série de seminários regionais em todo o Estado para expor aos produtores e entidades os resultados da auditoria que o Ministério da Agricultura fez na nossa defesa agropecuária. Em conjunto com as entidades da nossa agropecuária, vamos tomar a decisão se queremos ou não mudar o status sanitário do Estado”, afirmou o secretário.


Veja também:


18/02/2020 | 13h08min

» Educação: MEC veta promoção e hora extra de universidade

18/02/2020 | 12h54min

» Educação: As aulas começaram para mais de 800 mil alunos em 2,5 mil escolas estaduais do Rio Grande do Sul

18/02/2020 | 12h33min

» Meio Ambiente: Vai ter coleta de pneus em Santiago nesta quarta-feira


Comentários:


Voltar ao topo