No ar:
Santiago Movimenta - Paulo Pinheiro    13h20min às 14h00min

Ouvir!     

» Geral » Pandemia


20/11/2020 | 19h10min

Região de Santa Maria, depois de seis semanas consecutivas, volta a ter a bandeira vermelha

Santiago que pertence a região aderiram ao Sistema de Cogestão e, por isso, adotam regras de bandeira laranja

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

DC semana29 mapa

Nesta sexta-feira (20), o governo do Estado divulgou o mapa prévio da 29ª semana do modelo de Distanciamento Controlado, e a região de Santa Maria voltou a receber a classificação preliminar de bandeira vermelha. Até este domingo, os municípios podem encaminhar um recurso para a reclassificação. Mesmo com a mudança de bandeira, as cidades da região de Santa Maria, como é o caso de Santiago, aderiram ao Sistema de Cogestão e, por isso, adotam regras de bandeira laranja.

 

Em todo Estado, são 13 regiões com bandeira vermelha e 8 em laranja. O aumento nas hospitalizações por Covid-19 e nas internações em leitos de UTI, conforme o governo estadual, é o que justifica o grande número de regiões com a classificação.

 

Em Santiago, a semana encerrou (até sexta) com 77 casos registrados e divulgados em boletins epidemiológicos da secretaria municipal de Saúde. São 99 casos ativos e 91 pessoas em isolamento domiciliar, e 9 pacientes hospitalizados. O número de óbitos é de 15 pessoas. O total de casos, do final de março até hoje, chegou a marca de 984 infectados. Destes, 870 pacientes já estão curados.

 

O número de óbitos no Rio Grande do Sul aumentou: houve elevação de 65% (de 171 para 282 casos) no número de óbitos. O aumento foi de 27% (de 923 para 1.171 casos) nas hospitalizações confirmadas por Covid-19. 


Veja também:


27/11/2020 | 12h35min

» Pandemia: Santiago registra nesta sexta, 24 novos casos de Covid-19

27/11/2020 | 10h00min

» Segurança: Brigada Militar faz entrega de fardamento infantil a menino em São Vicente do Sul

27/11/2020 | 09h53min

» Polícia: Brigada Militar prende foragido de 22 anos no bairro Ana Bonato


Comentários:


Voltar ao topo