No ar:

Ouvir!      Fale com o locutor/mural

» Geral » Saúde


10/10/2017 | 14h33min

"O fechamento do hospital é a nossa última alternativa", afirma prefeito de Jaguari

Beto Turchiello (PMDB), disse que o município está encontrando dificuldade para pagar o custo mensal do atendimento à população na instituição

Hospital de Caridade de Jaguari. Foto: DivulgaçãoHospital de Caridade de Jaguari. Foto: Divulgação

A prefeitura de Jaguari realizou no final da tarde de sexta-feira (06), uma importante Audiência Pública no plenário da Câmara de Vereadores para apresentar à comunidade os investimentos públicos feitos até aqui no Hospital de Caridade do município, atualmente administrado pelo Hospital de Caridade de Santiago.

 

Na abertura da Audiência Pública o secretário de Finanças João Martins Pinheiro mostrou os números reais dos investimentos feitos no Hospital de Caridade de Jaguari. Conforme ele, de 2015 – ano em que teve início o contrato de gestão com o Hospital de Caridade de Santiago -, até aqui, já foram investidos pela prefeitura no HCJ R$ 6.210.792,86.

 

Por sua vez, o coordenador de Planejamento da prefeitura de Jaguari Renato Bolzan destacou que além destes investimentos, também houve a incremento de recursos no Hospital de Caridade de Jaguari por meio da indicação de emendas parlamentares dos deputados federais Luis Carlos Heinze, Alceu Moreira e Osmar Terra, bem como através da Consulta Popular do governo do Estado.

 

Ao fazer seu pronunciamento na Audiência Pública, o prefeito Beto Turchiello (PMDB) destacou que hoje a situação está mais difícil porque o município não suporta mais bancar os custos do HCJ.

 

“O fechamento do hospital é a nossa última alternativa, mas não podemos inviabilizar o restante da administração municipal para manter o hospital com estes valores. Temos que investir dentro das nossas condições”, frisou o prefeito, lembrando que hoje a prefeitura possui um contrato em torno de R$ 315 mil/mês para manter o atendimento no Hospital de Caridade de Jaguari.

 

Outro ponto levantado prefeito Beto Turchiello na Audiência Pública, é a determinação do Tribunal de Contas do Estado, de que a administração do Hospital de Caridade de Jaguari, preste contas dos recursos recebidos pela prefeitura do município. O TCE determinou, inclusive, a realização de uma Tomada de Contas Especial a partir de 2015, quando iniciou o contrato de gestão com o Hospital de Caridade de Santiago.

 

A Audiência Pública realizada para prestar contas dos investimentos públicos no Hospital de Caridade de Jaguari foi proposta pelo vereador Igor Tambara (PMDB) – vice-presidente da Câmara Municipal e líder do governo no legislativo -, e acatada pelo prefeito Beto Turchiello.


Veja também:


20/10/2017 | 14h21min

» Clima: Diversas rodovias federais tiveram o trânsito interrompido devido a temporal

20/10/2017 | 14h11min

» Solidariedade: Secretaria de Desenvolvimento pede doação de colchões para ajudar famílias atingidas

20/10/2017 | 14h08min

» : Professora lança livro com práticas pedagógicas


Comentários:


Voltar ao topo