No ar:
Santiago Movimenta - Paulo Pinheiro    13h20min às 14h00min

Ouvir!     

» Geral » Educação


11/07/2018 | 11h52min

Mais de 300 alunos recebem certificação do Proerd

Mais de quatro mil alunos já foram formados em Santiago

Turma preparada. Foto: Éder Alves/Divulgação/Expresso IlustradoTurma preparada. Foto: Éder Alves/Divulgação/Expresso Ilustrado

Trezentos e sessenta alunos, representando as escolas: Manoel Abreu, Silvio Aquino,  Alceu Carvalho, Candido Genro, Lucas Araújo de Oliveira, João Evangelista, Cristóvão Pereira, Monsenhor Assis e São José receberam ontem no final da tarde em cerimônia no CTG Os Tropeiros,  o Certificado de conclusão do Programa Educacional de Resistência às Drogas  que  consiste num esforço cooperativo estabelecido entre a Polícia Militar, a Escola e a Família, tendo entre seus objetivos,  desenvolver nos jovens estudantes habilidades que lhes permitam evitar influências negativas em questões afetas às drogas e violência, promovendo os fatores de proteção e estabelecer relações positivas entre alunos e policiais militares, professores, pais, responsáveis legais e outros líderes da comunidade escolar.

 

O Proerd já formou mais de quatro mil alunos em Santiago. Policiais proerdianos, integrantes do5º RPMON, atuam em sala de aula orientando os alunos a cerca das drogas e violência. O abuso de drogas constitui-se em ameaça à sociedade. O público mais vulnerável à dependência é composto por crianças e adolescentes, pelo fato de se encontrarem menos preparados para resistirem aos muitos apelos e incentivos ao uso de drogas, presentes nos meios de comunicação em massa e na ideologia da sociedade contemporânea.

 

A principal estratégia contra esses males é a prevenção por meio do diálogo com as pessoas, ainda durante sua infância e adolescência, fases de suas vidas em que se encontram mais naturalmente aptas a receber orientações e assimilar valores.

 

O Proerd interfere positivamente no processo desencadeador do fortalecimento individual dos futuros condutores da sociedade contra as investidas de criminosos e de outras formas de chamamento ao abuso de drogas e à prática de ações antissociais.

 


Veja também:


19/09/2018 | 11h01min

» Tradicionalismo: 17 entidades entram na avenida Júlio de Castilhos deste 20 de Setembro

19/09/2018 | 09h49min

» Meio Ambiente: Rio começa a multar comerciantes por uso de canudo de plástico

19/09/2018 | 09h25min

» Memória: Unesco estima em 10 anos prazo para restauração do Museu Nacional


Comentários:


Voltar ao topo