No ar:
Jornada Esportiva - Rede Gaúcha Sat    14h00min às 18h00min

Ouvir!     

» Geral » Serviço


21/02/2021 | 13h23min

IGP suspende encaminhamento de carteiras de identidade em Porto Alegre até 1° de março

Em razão da bandeira preta, remarcação apenas para emergências poderá ser feita a partir das 20h desta segunda-feira (22)

Devem buscar remarcação apenas cidadãos com necessidades urgentes, como retirada de medicamento ou saque de auxílio emergencial - Foto: Divulgação / IGPDevem buscar remarcação apenas cidadãos com necessidades urgentes, como retirada de medicamento ou saque de auxílio emergencial - Foto: Divulgação / IGP

O atendimento para encaminhamento de carteiras de identidade está suspenso entre os dias 22 de fevereiro e 1° de março de 2021 no Departamento de Identificação em Porto Alegre (av. Azenha, 255). Quem tinha horário marcado para estes dias terá o agendamento cancelado automaticamente. A medida é necessária para adequar o posto aos protocolos exigidos pela bandeira preta do modelo de Distanciamento Controlado, previsto em decreto do governo do Estado.

 

O agendamento eletrônico pelos sites www.igp.rs.gov.br e rs.gov.br será reaberto na segunda-feira (22/2), a partir das 20h, já com as limitações previstas pela bandeira preta, como a redução da quantidade de estações de trabalho e o aumento do tempo entre os atendimentos. Dessa forma, o número de horários disponíveis será menor e destinado apenas a casos de urgência.

 

A diretora do Departamento de Identificação do Instituto-Geral de Perícias (IGP), Katia Reolon Bittencourt, apela para que apenas as pessoas que se enquadram em situações emergenciais procurem a remarcação. “É um dever reduzir o número de pessoas ao mesmo tempo no ambiente durante o atendimento e aumentar o tempo entre um atendimento e outro, para que possamos higienizar os equipamentos com mais frequência. Faremos todo o esforço para atender os casos emergenciais, mas para isso precisamos contar que a população só faça o agendamento eletrônico se o caso for realmente urgente”, enfatiza.

 

São considerados casos emergenciais as seguintes situações:

 

• Retirar medicamentos em farmácias
• Viagens agendadas com urgência
• Cirurgias de urgência
• Retirada de auxílio emergencial
• Financiamento imobiliário
• Casos em que todos os documentos tenham sido furtados ou roubados
• Admissão em emprego


Veja também:


28/02/2021 | 14h48min

» Pandemia: Santiago soma mais de 500 casos de covid em fevereiro

28/02/2021 | 11h00min

» TV: Alanis Guillen foi anunciada como a nova Juma Marruá no remake de Pantanal,

28/02/2021 | 10h55min

» Serviço: Satélite Amazonia 1 chega à órbita com sucesso e inicia transmissão de dados


Comentários:


Voltar ao topo