No ar:
Olho Vivo - Jones Diniz    08h10min às 09h55min

Ouvir!     

» Geral » Saúde


13/10/2020 | 17h24min

Cuidados com as mordidas de cobra devem ser redobrados com o calor chegando

Alerta foi feito pela diretora técnica do Grupo Hospitalar Santiago. médica Sonia Nicola

As cobras ficam mais agitadas com o calor. Foto: DivulgaçãoAs cobras ficam mais agitadas com o calor. Foto: Divulgação

Os cuidados com as mordidas de cobra devem ser redobrados com a estação quente do ano. O alerta foi feito pela diretora técnica do GHS, Sonia Nicola ao se referir sobre a quantidade de soro disponível em comparação aos possíveis números de casos.

 

A médica recomenda cautela para quem for acampar, evitando lugares de brejo e de pedras. À população do interior pediu o uso permanente de botas: geralmente as cobras picam do joelho para baixo, portanto, o uso de botas de cano alto evita até 80% dos acidentes,  e roupas compridas na lida de campo e, se for possível a utilização de luvas de proteção./ Recentemente ocorreu um acidente por mordida de cobra. O calor facilita o aparecimento destes animais.

 

Além das cobras, atenção também para os escorpiões e aranhas. No ambiente urbano, a orientação para evitar a entrada de escorpiões em casas e apartamentos é usar telas em ralos de chão, pias e tanques, além de vedar frestas nas paredes e colocar soleiras nas portas. Os cuidados incluem ainda afastar camas e berços das paredes e vistoriar roupas e calçados antes de usá-los.


Veja também:


19/10/2020 | 19h14min

» Pandemia: Presidente volta a dizer que vacina contra Covid-19 não será obrigatória

19/10/2020 | 19h11min

» Pandemia: Sem recursos, Rio Grande do Sul tem três regiões em bandeira amarela no mapa definitivo

19/10/2020 | 18h58min

» Estado: Consulta Popular 2020 terá 96 projetos para votação


Comentários:


Voltar ao topo