No ar:
Plantão Gaúcha - Rede Gaúcha Sat    22h00min às 23h59min

Ouvir!     

» Geral » Saúde


13/02/2018 | 11h21min

Casos de coma alcoólico, junto com outras drogas estão entre as principais entradas no pronto socorro do hospital do HCS

Segundo a médica Sonia Nicola, o maior problema da bebida alcoólica, é a desidratação.

Foto: Ieda BeltrãoFoto: Ieda Beltrão

Casos de coma alcoólico, junto com outras drogas estão entre as principais entradas no pronto socorro do hospital de Caridade de Santiago (HCS).

 

De acordo com a diretora técnica do HCS, Sonia Nicola, as pessoas ficam durante algumas horas tomando soro glicosado para hidratação.

 

Segundo a médica o maior problema da bebida alcoólica, é a desidratação. A grande quantidade de liquido que sai através da urina, quando se bebe uma cerveja, por exemplo, não é reposto.

 

 “ Para  duas cervejas consumidas é necessário ingerir um litro e meio de água”, acrescenta a médica.

 

 Entre as entradas no pronto socorro estavam pessoas menores de idade, o que aumenta a preocupação, já que, além de gerar danos ao cérebro, o álcool passa a ser a porta de entrada de outras drogas.


Veja também:


17/07/2018 | 17h19min

» Saúde: Casos de sarampo aumentam no mundo, alerta OMS

17/07/2018 | 17h07min

» Meio Ambiente: Santiago tem vários locais de arborização deficientes

17/07/2018 | 17h03min

» Educação: As férias escolares de julho na rede pública estadual iniciam nessa quinta


Comentários:


Voltar ao topo