No ar:

Ouvir!     

» Entretenimento » Agenda


12/11/2017 | 12h56min

"Guri de Uruguaiana 2: A Missão" é atração da véspera de feriado em Santiago

Espetáculo será nesta terça (14), no CTG Coxilha de Ronda

Imagem: reprodução/Silvius ProduçõesImagem: reprodução/Silvius Produções

Ele já foi de tudo um pouco nessa vida: trabalhou em escritório de contabilidade, vendeu roupas como sacoleiro, foi dono de boutique e de restaurante, trabalhou em agência publicitária, foi apresentador de eventos como “Concurso de Cães”, “Domingo na Praça” e “Concursos de Beleza”, tornou-se fotógrafo profissional… Mas a verdadeira vocação de Jair Kobe estava no humorismo. Ao criar em 2001 o show Seriamente Cômico, surgia ali o personagem que se tornaria o seu alter ego: Guri de Uruguaiana. Mas foi em 2008 que ele ganhou uma dimensão maior, com direito a DVD no ano seguinte e dedicação exclusiva. Desde então, o reconhecimento do talento do Guri de Uruguaiana tem crescido exponencialmente, tornando o personagem um dos mais queridos e lembrados do humor gaúcho.

 

Nesta terça (14), véspera de feriado, o Guri de Uruguaiana se apresentará em Santiago, no CTG Coxilha de Ronda, a partir das 20h30min., em evento promovido pela Silvius Produções.

 

Os ingressos estão à venda nas Farmácias São Jorge, aos seguintes valores:

 

Plateia (inteira) – R$ 35,00;

Plateia (solidário) – R$ 30,00 + 2 kg de alimento não perecível;

Cadeira Vip Bagual (inteira) – R$ 50,00;

Cadeira Vip Bagual (solidário) – R$ 40,00 + 2kg de alimento não perecível.

*A Cadeira Vip Bagual, além de garantir uma visão privilegiada do show, inclui erva mate e água quente por conta do Guri e também uma foto com ele.

 

A classificação do espetáculo é livre.

 

Conteúdos Criativos


Veja também:


15/11/2018 | 10h45min

» Literatura: Angélica Rizzi participa da 64ª Feira do Livro de Porto Alegre

14/11/2018 | 13h42min

» Séries: Fim: em abril de 2019 estreia a última temporada de "Game of Thrones"

14/11/2018 | 13h36min

» Novela: "O sétimo guardião": Luz impede Gabriel, vivido por Bruno Gagliasso, de ir à polícia


Comentários:


Voltar ao topo